Histórico

Histórico

Começou com o encontro entre os regentes da Zona Norte, teve seu início em 1999, quando Lydia de Godau Pereira, participando de várias atividades corais de São Paulo, se deu conta do quanto conhecia a respeito de regentes do interior de São Paulo, de outros Estados e mesmo de outras regiões, menos da sua própria região: Zona Norte.

Incentivada por Thelma Chan (criadora da ARCI – Associação dos Regentes de Corais Infantis, e coordenadora do Movimento de Regentes na Região Leste) marcou uma reunião entre os regentes da Zona Norte que tivessem algum interesse em trocar experiências, aprender mais e formar uma força coral infantil Norte.

Como a idéia foi bem aceita, começaram reuniões mensais (no Arquivo do Estado de São Paulo), onde foram discutidas as nossas necessidades e as programações possíveis. Foi marcada a Primeira Mostra Vocal em Setembro de 1999, no Instituto Madre Mazzarello, onde se reuniram cerca de 400 crianças de várias escolas e de corais independentes.

No final do ano, tivemos um encerramento maravilhoso com o Encontro de Corais no Natal, em frente à Igreja Santa Joana D’Arc no Jardim França. Cerca de 300 crianças participaram do Evento.

No ano 2000, foram realizados 5 Workshops no Arquivo do Estado de São Paulo:
Técnicas de Ensaio e Repertório com Gisele Cruz
Barbatuque – sons e ritmos do corpo com José Barbosa
Técnicas de aquecimento e expressão corporal com Eny Parejo
Danças folclóricas: Cirandas com Ligia Rosa
Regência expressiva e dinâmica com Lydia de Godau Pereira.

Foram abertas, com sucesso, às 5as e 6as vocais (realizadas 1 vez por mês) com a apresentação de 3 grupos corais com tendências diferentes (adulto, juvenil , infantil, religioso, popular,clássico, etc…).
A diferença de 1999 para o ano 2000, foi a inclusão dos corais adultos no nosso projeto inicial.

Tivemos em outubro/2000, a 2a Mostra Vocal no Instituto Madre Mazzarello, em 4 blocos, reunindo 20 corais (13 infantis e 7 adultos)
Como convidado especial, se apresentou o Studium Coral – vozes femininas – da USP, regido por Marco Antonio da Silva Ramos. Em todos os blocos houve lotação total dos 600 lugares deste auditório.

Com a proximidade do Natal foram realizados eventos natalinos:
O primeiro aconteceu no Shopping Light, na Rua Xavier de Toledo, onde reunimos 400 coralistas (na sua maior parte infantil). Foram apresentadas 11 músicas, com espírito de Natal). Este evento foi coberto pela Rede Globo , Jornal SPTV, transmissão direta.

O segundo encontro foi na Igreja Santíssima Trindade (Pça Santíssima Trindade, n. 40 – Casa Verde Alta) no dia 24-11, às 19 horas. Por estarmos dentro de uma Igreja, a sonoridade foi primorosa. Apesar da chuva reunimos 400 coralistas cantando em homenagem ao 2o milênio do nascimento de Jesus.

No dia 17 de dezembro , o Encontro de Natal Ecológico foi no Horto Florestal, às 10h e 30 minutos. Com este evento, reunimos cantores de vários corais da Zona Norte, terminamos de forma festiva, as atividades do ECO ART /2000. Foi o primeiro ano do “Natal Tropical”.

Em 2001 fizemos o Encontro Ecológico Vozes na Natureza no Horto Florestal, Encontro de Natal no Shopping Light e na Igreja de Santana reunindo mais de 500 cantores.

 

2002

Neste ano ECOART passou a designar o movimento entre os coralistas regidos por Lydia de Godau Pereira nos diversos coros que rege e corais convidados.
Evento grandioso foi realizado, no dia 13 de julho, quando recebemos o Glen Ellyn Children’s Chorus, sob a regência de Emilly Ellsworth , vindo de Illinóis – EUA, no Teatro Jardim São Paulo. Este magnífico coral infantil, se apresentou junto com o Coral Infanto-Juvenil Vozes do Futuro. Foi o primeiro evento do “Música Vocal sem Fronteiras”

Além deste evento , tivemos em junho:
Encontro Ecológico no Horto Florestal (reunindo 300 pessoas)
IV Encontro de Corais no dia 29-09-2002, com 24 corais participantes , no Auditório do Colégio Nsa. Sra. da Consolata (1.500 pessoas divididas em 4 blocos)
Nos anos que se seguiram, as atividades foram aprimoradas.
O Colégio Nossa Senhora Consolata , recebeu de braços abertos o “Encantos de Outono e até hoje , realizamos no Teatro da escola os encontros de corais.
O Colégio Jardim São Paulo, nos acolhe para a realização do “Música Vocal sem Fronteiras” , realizado no Teatro Jardim São Paulo.
Já recebemos o “Citrus Singers” e o Heinz Chapel Choir – Coral dos Meninos de San Juan , de Porto Rico .
O Horto Florestal é um espaço maravilhoso , onde podemos ensaiar e cantar nos eventos ligados à paz e à ecologia.
A Igreja Santa Cruz nos acolhe para os ensaios de vários grupos em suas salas de estudo.
É na Igreja Salete que realizamos uma das apresentações do “Natal Tropical”. Também acontecem no Metrô, no Teatro Municipal , Embu das Artes, Campos de Jordão e onde formos convidados.

2006

Em 2006 aconteceram muitos eventos e dentre eles se destacaram:
Música Vocal sem Fronteiras recebendo o “Heinz Chapel Choir”(maio), o Coro dos Meninos Cantores de San Juan (junho)
Encontro de Corais “Em Cantos de Outono” onde recebemos cerca de 30 corais da capital , interior (Taubaté, Jundiaí, Itaquaquecetuba, Santa Cruz do Rio Pardo) e de outros estados (Búzios).
Encontros no Museu do Horto Florestal em várias ocasiões durante o ano, abrindo exposições de quadros , pinturas e participando de eventos)
Viagens para encontros de corais em: Campo Limpo,Taubaté, Guarulhos
Participação do Coral Juvenil Consolata e Paulista na novela “Cristal” do SBT
Contamos com patrocínio do Professor Paulo Meimberg , diretor do Colégio Jardim São Paulo e das Faculdades Cantareira.
Nosso coreógrafo: Alan Morais
Assistente Geral: Gilberto Ferreira

2007

O ano de 2007 foi coroado de eventos maravilhosos que poderão ser observados no Calendário do Site.
Contamos com patrocínio do Professor Paulo Meinberg.

Apoios:
Colégio Consolata, Das Faculdades Cantareira, do Colégio Jardim São Paulo, do MICA – Movimento Infanto-Juvenil Crescendo com Arte, Museu “Octávio Vecchi”.
Assistentes: Ioto – Antonio Gabriel / Ângela Conte / Agda Fernandes
Nosso coreógrafo: Alan Morais

  1. Nenhum comentário ainda.